“BORA TREINAR”

Oi queridas, tudo bem com vocês???? Quanto tempo, hein…

Pois bem, essa nossa temperatura está bem baixa e dá uma preguiça, né? Vontade de comer um docinho, ficar debaixo das cobertas… ai, ai… mas após essa estação, vem o calor e o nosso corpinho fica mais exposto ainda… por isso se descuidar da realização de atividade física não dá…

Pois bem… manter a saúde é fundamental e o exercício físico está diretamente relacionado com esse objetivo. No entanto, fazer atividade física requer muito mais cuidado com a alimentação, principalmente para ter energia suficiente para realizar a atividade escolhida. Não existe uma atividade física melhor que a outra, existe sim a que combina mais com você e a que te dá mais prazer em realizar.

Pensando em alimentação, sei que muitas pessoas tem dúvidas sobre o que comer em cada horário (antes, durante e depois). É importante saber que existem regrinhas fundamentais para a manutenção da saúde e o alcance da meta estabelecida. Por isso, para empolgá-las nesse frio, ai vão as mais importantes…

 

REGRA NÚMERO 1

Jamais sair de casa sem se alimentar independente do horário. Realizar atividade física em jejum não rola. Se você não tem energia suficiente para treinar, o seu organismo vai iniciar um processo de queima de proteínas para gerar essa energia necessária nesse momento. Resultado: você treina, treina, se mata, mas a gordurinha não sai, quem vai embora nessa hora é a sua massa muscular. Esse é o mesmo mecanismo daquelas dietas “malucas” sem carboidratos e só proteína… dá um resultado muito rápido, mas com a falta do carboidrato, além do cérebro surtar literalmente provocando pesadelo, mal humor, dor de cabeça, entre outros sinais e sintomas, ele também quando retorna a ingestão desse grupo alimentar, acaba estocando mais do que necessita para evitar novamente um período crítico de isenção desse nutriente, o que provoca o aumento de peso muito  rápido e descontrolado. Essa prática é perigosa, pois o seu metabolismo cai a cada vez que você faz isso, e cada vez fica mais difícil de emagrecer.

 

REGRA NÚMERO 2

Comer sempre na volta da atividade física. Uma para repor o que foi gasto e, para o seu organismo continuar gastanto, ele precisa ter energia para isso. Se você só deseja perder peso, o interessante é na volta consumir saladas variadas (cruas, cozidas, refogadas, verdes) + algum tipo de proteína. O carboidrato nessa hora pode ser excluído, mas só nesse momento. Se você pratica musculação e o seu objetivo também é aumentar a massa muscular, ai não esqueça: a associação da proteína + carboidratos é necessário, pois quem leva a proteína para dentro da célula e faz a hipertrofia (aumento de massa muscular) é o carboidrato. Isso nós chamamos de JANELA DE OPORTUNIDADE = gastou a energia toda, repõe ela com o consumo de carboidratos, na sua absorção é carregado junto moléculas de água que ocupam espaço na célula, quando essas moléculas saem e o espaço fica vazio, entra a proteína, mas só se você a consumiu… Combinado!!!



REGRA NÚMERO 3

Água tem que ser seu companheiro de treino… Sempre. Senão com o aumento da temperatura, a proteína começará a ser degradada, prejudicando o aumento de massa muscular e eliminação de gordura. É o mesmo mecanismo da febre…

Mas o que comer então????

Pré atividade física: pense sempre em carboidratos tipo: banana, sucos de frutas (uva vai super bem), pães (de preferência integral) com geléia

Pós atividade física: saladas + arroz integral ou aipim ou batata doce ou cará ou inhame (para quem deseja manter peso e emagrecer) ou batata inglesa (mais usado para aumento de massa muscular) + ovo cozido ou frango ou carne grelhada ou assada ou atum ou sardinha em lata no óleo para manter o ômega 3 desses peixes. Sanduiches naturais também vão bem, mas sem queijo, de preferência, ou no máximo 2x na semana em dias alternados, e com pão integral…

Suplementos alimentares dão um ótimo resultado, mas tem que saber como consumi-los. Os mais típicos são a maltodextrina e a whey protein. A malto é uma fonte de carboidrato e deve ser utilizado antes e durante o treino quando há um gasto muito grande de energia e só a alimentação não supri essa necessidade. A whey é a proteína do soro do leite, então é utilizada após treino junto com a malto.

Mas lembrem… cada caso é um caso… existem pessoas que já treinam faz tempo, outras desejam só manter o peso, outras querem perder e assim por diante. Então, vale lembrar que a alimentação em alguns casos não só pode, mas deve ser diferente… ok

Amorecos… é isso, não desistam e sigam as instruções básicas, ok… Com determinação vocês chegam lá…

Até o próximo post…

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tags: , , .

2 Comments

  1. Mônya
    Posted 01/08/2012 at 4:27 PM | Permalink

    Essas informações foram dadas por um nutricionista? Certo?
    :)

    [RESPONDER]

  2. Posted 01/08/2012 at 5:33 PM | Permalink

    Sim!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1
    Vale mto a pena o treino!!!!

    Tem post sobre o desfile primavera verão da Débora Lobosco!

    http://castro-pri.blogspot.com.br/

    [RESPONDER]

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*
*

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • Acesse a loja Amomuito.com

  • @jaquenasgueweitz

    Instagram API did not respond.
  • @graquiarelli

    Instagram API did not respond.